Sexta-feira, 2 de Dezembro de 2005

A ventilar…….

ventilar.JPGEste dia foi um pouco cansativo! Para quem não sabe, estou até domingo na exposição da FERCAB no stand da empresa Águas do Centro. É verdade, já que não me dão nenhuma escola onde pregar a minha sabedoria em matemática e ciências a alunos, que infelizmente não se interessam de nada, vou para uma exposição informar e entreter as pessoas que lá vão. Mas passando à frente…
Para promover a empresa, entregamos balões às crianças e não só, também a graúdos que querem voltar à infância e lá andam também eles todos contentes com um balãozinho na mão a baloiçar de um lado ao outro.
Mas pensando bem, este brinquedo tão conhecido e pedido pelas crianças até são muito perigosos para todos nós. Pensem lá comigo: imaginem uma criança de 3 anos com um balãozinho destes, que consta no dito cujo e num suporte de plástico duro que o prende. Imaginem a cara de felicidade deles por vê-lo a balançar no ar de um lado ao outro. Curiosamente próximo do local onde lhe deram o balãozinho está também um stand marroquino onde vendem tudo e mais alguma coisa. Nós, os adultos, mesmo sabendo do que se vende lá e de tudo ser já mais visto que o Papa, vamos lá na mesma e metermo-nos num furinho entre as pessoas que também lá vão fazer o mesmo. De repente, ouve-se um estoiro. CATXAPUM! Lá se vai o balão! A ponta incandescente do bendito incenso dos marroquinos com cheiro àquele perfume que sempre detestámos, estourou o eficaz brinquedo tranquilizador de crianças! E imaginem para onde foi o resto do querido e estimado balão, para a carinha dela. Perante esta cena, a criança desata a chorar aos berros que nem o Pai Natal a cala! Resultado, os papás todos baralhados, mostram tudo e mais alguma coisa; fazem aquelas caretas para crianças que mais parecem palhaços do que outra coisa e mesmo assim o filhote não pára de chorar. Para colmatar, sobrou aquele suporte de plástico para o balão, que a criança não larga por nada porque é o único que sobra do tão saboreado balão. Aí elas arranham-se na cara fazendo mais alguns golpes!
Ai, ai, ai! O que um simples balão faz nas mãos de uma criança!
Para concluir, estou muito cansada porque me fartei de encher balões al pulmão! Que raio! Para que querem tantos balões!!! Ou então, para que inventaram os balões!!! É claro que escrevi este artigo em tom de brincadeira, mas e contigo? Já se passou alguma situação embaraçosa com balões?

Feito pelos neurónios da Fiju às 23:46
link do post | comentar | favorito

Trastes da Fiju

Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Pensamentos recentes

...

A génese de nós dois

A folga

O faz de conta...

Fez hoje 9505 dias

De burro para cavalo

O problema dos 6 milimetr...

O clima, a gasolina e a S...

A tirar o pó das narinas

Animais que fumam? Ou ser...

Pensamentos arquivados

Dezembro 2009

Junho 2009

Setembro 2008

Junho 2008

Maio 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005