Música Destaque

Domingo, 25 de Novembro de 2007

É luxuoso, é sensual, é chique... É papel-higiénico!

Há papel para escrever, há papel para embrulhar presentes, há papel para fazer biscoitos, há papel para forrar paredes… Mas também há o papel para limpar… Limpar… Enfim… Quando vamos à casa de banho… Percebem não é? É o papel-higiénico!

O papel-higiénico é um invento magnífico e a meu ver muito mais essencial que um copo! Afinal de contas utilizamos mais vezes o papel-higiénico do que os copos.

Mas que caraças… Estava a imaginar como era a vida antes de inventarem o dito papel… Desculpem a expressão, mas que vida cagada!!!

As novas tecnologias inventaram muita coisa nova, uma delas é o papel-higiénico adaptado às mariquices das pessoas. Ok, não vou ser tão má! Adaptado aos gostos das pessoas.

Imaginem, não imaginem, vejam aqui, há papel-higiénico de gama luxuosa! Com cores requintadas para «desfrutar» (palavra que utilizam) de uma ida à casa de banho!

Não sei… Mas será que é para incentivar a ida à casa de banho?

Tipo… Imaginem a seguinte situação numa inauguração de uma casa nova:

 

- A casa é bonita e agradável! E tem uma vista muito linda!

- Oh Zé, mas ainda falta ver a casa-de-banho!

- Ah pois é! Mostra lá! Ena! É grande! E tens uma daquelas banhei… Ahhhhhhhh! Mas óh Manel… Que rolo de papel-higiénico é aquele? É preto!!! Ahhhhh…

- Mas… Zé?! Queres ver as louças sanitárias de mais perto? Zé??? Que estás a fazer? Oh Zé! Por amor de Deus! Faz isso sozinho! Nós deixamos-te em paz!

 

Será que é este tipo de reacção que os senhores da indústria de papel-higiénico querem provocar? Eu por enquanto ainda uso o modesto papel sem luxúrias, branquinho, mas que já tem desenhos decalcados… Até porque o custo de cada rolo não fica assim muito barato… Fica a 2,17€ cada rolo! Mas também podemos oferecer rolos de papel-higiénico como prenda!!! Basta pedir no site! Uau! Oferecer papel-higiénico vai torna-se chique! Já imaginam o que é encontrar rolos de papel-higiénico debaixo do pinheirinho?!

Humm… Eu cá continuo a preferir nos presentes ditos normais… Podem oferecer-me umas pantufas que eu fico muito contente!!! Eh eh eh!

Boas compras de prendas de Natal! Não deixem tudo para o último momento!

Depois dos comentário do Mauro, pesquisei sobre o assunto e encontrei um excerto do filme Homem demolidor, onde se podem ver as 3 conchas! Mas que objectos estranhos para utilizar na acção que todos sabemos! Está parecida à história das urtigas que o Freakunleashed nos brindou! Ah ah ah!

Feito pelos neurónios da Fiju às 19:51
link do post | comentar | favorito
11 comentários:
De freakunleashed a 25 de Novembro de 2007 às 20:32
Realmente há gostos para tudo, começo a recordar com algum saudosismo os tempos em que o Zé após satisfazer as suas necessidades fisiológicas e não tinha papel higiénico à mão pegava nas páginas do jornal que tinha acabado de lêr e procedia à limpeza do rabo todo satisfeito da vida, era um 2 em 1, ou o dia em que um tio meu de visita cá a casa e envergonhado por pedir para utilizar a casa de banho foi defecar ao mato ( sim pk eu vivo no monte ) e limpou-se com as até então desconhecidas por si urtigas. O que inventarão a seguir, caixinhas perfumadas para guardar os dejectos?
Bufff, peço desculpa pela imagem, mas eu também continuo a preferir o parzinho de meias da ordem, ou o after-shave barato comprado no Continente ou na mercearia da Ti Carminho. No entanto desejo bom proveito a quem queira mimar o seu rabinho ( e não só) com o papelzinho colorido, e só espero que após a utilização não se lembrem de compensar o que gastaram e utilizem o dito papel para fazer confetis e utilizá-los numa festa onde eu ou alguém que me seja próximo esteja presente.
Excelente artigo Fiju, já te disse o quanto admiro o teu espirito crítico e o humor que imprimes a cada artigo. Beijinhos doces para uma nina muito doce, e sabes?
De Mauro Maia a 26 de Novembro de 2007 às 13:15
Pois é, a coprologia não é bem dos assuntos favoritos de discussão, pelo que te dou os parabéns pela ousadia de quebrar esse tabu. Antes da invenção do papel (higiénico ou de outro tipo)... Bem, os romanos eu sei que usavam uma espécie de esponja na ponta de uma vara. Tinham o instrumento nas casas de banho públicas. Usavam-no, passavam por água e passavam ao vizinho (sim, o pudor cristão ainda não existia). Há também uma teoria curiosa, que carece de fundamento arqueológico, como é óbvio, de que a razão pela qual as pessoas, sendo dextras ou canhotas, usam a mão direita para se cumprimentarem, se deverá ai facto de já na Pré-História as pessoas usarem a mão esquerda para se... limparem coprologicamente. Há um filme de ficção científica, chamado «Homem Demolidor» em que há uma coisa nas casas de banho, chamadas «as 3 conchas» que se usa para esse fim. O filme, no entanto, não esclarece como se pode usar aqueles 3 objectos com a forma de concha para esse fim... Deve ser para adensar o mistério do filme.... ;^)
De freakunleashed a 26 de Novembro de 2007 às 19:22
Perdoa a minha ignorância Mauro mas coprologia não é um estudo biológico das fezes? É que de acordo com o contexto em que utilizaste essa expressão na próxima vez que eu precisar de me higienizar após defecar poderei dizer que vou coprologar , lool , brincadeira não ligues. Adorei o parágrafo em que explicas o aperto de mão. Muitos beijos Fiju e obrigado princesa. E sabes?
De Mauro Maia a 27 de Novembro de 2007 às 08:32
Sim, tens razão quanto à matéria de estudo da coprologia. O meu comentário acabou por revelar a estreiteza de visão do sexo masculino: para nós só serve para isso mesmo. Para o outro sexo tem mais aplicações. (o)Usei o termo (podia ter usado Escatologia, se bem que este, sendo sinónimo de coprologia, também é um termo que designa um tratado religioso) porque foi esse o significado que dei ao artigo: o papel do papel higiénico ao longo da História é para isso que me remete. Afinal, para outros usos, nem por isso era muito usado/necessário um equivalente (na altura, obviamente, ainda bem que assim já não é)
De freakunleashed a 27 de Novembro de 2007 às 15:05
Devido a uma péssima leitura e interpretação da tua frase em que li "o teu..." em lugar de "o meu comentário..." precipitei-me e respondi desapropriadamente ao que me pareceu ter lido, por isso peço-te desculpas Mauro, e espero que não ligues aos mails de " resposta ao comentário", eu até sou cuidadoso na leitura por isso garanto que não se vai voltar a repetir, e agradeço o chamar de atenção da autora do blog e o facto de ter apagado os meus comentários. Já tive a oportunidade de visitar o teu blog e acrescento que tem uma excelente qualidade com artigos deveras interessantes. Abraço Mauro. Bem haja Fijuzita, muitos beijinhos para uma nina muito especial. E sabes?
De Mauro Maia a 27 de Novembro de 2007 às 23:40
Também a mim, «freakunleashed», já me aconteceu e também procuro ser cuidadoso. Olha, coisas que acontecem. Obrigado pelo teu abraço pelo meu blog. Um abraço para ti e um beijo à «Fiju» (ela sabe!) ;)
De Sergio Alex a 26 de Novembro de 2007 às 21:51
eheh

Eu também vi esse filme do homem demolidor, e lembro-me das 3 pedrinhas. No final da cena, a Sandra Bulllock diz para os colegas: "Lá no século XX, eles usavam toneladas de papel para se limparem..." (a acção passava-se no futuro).

Mas de facto não disseram como se usariam as pedrinhas...

Abraço
De Mauro Maia a 27 de Novembro de 2007 às 08:37
Sim, num futuro pás-apocalíptico não muito distante do nosso. Lembro-me do choque que o SS teve quando a SB lhe perguntou se queria fazer sexo (ele já a esfregar as mãos de contente) e ela lhe passa um capacete e diz-lhe para se sentar afastado dela. O sexo, na altura, só virtual, o outro é «muito nojento» (nem sabem o que perdiam, mas isso era lá com eles). LOL . É pena não terem explicado como funcionam as 3 conchas: são tão estranhas que não se consegue imaginar facilmente como poderiam ser usadas para esse fim.
De Fiju a 27 de Novembro de 2007 às 15:08
Já tinha visto esse filme, mas nao me recordava desses pormenores. Fiquei com curiosidade e fui procurar... Encontrei a cena dos capacetes e das conchas no youtube. É realmente muito estranho! Para quem não se lembra destas partes... Adicionei o vídeo ao meu artigo. Bem haja Mauro pelo teu contributo.
De Mauro Maia a 27 de Novembro de 2007 às 23:42
Minha querida «Fiju», só espero que o haja (sem s no final) tenha sido mesmo descuido. Uma terceira pessoa neste caso seria, no mínimo, muito estranho. Um beijo e obrigado.
De nininhaworld a 28 de Novembro de 2007 às 16:42
E BIBÁ O PAPEL HIGIÈNICO.....BIBÀ CARAGO....

comentar artigo

Trastes da Fiju

Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Horas

Pensamentos recentes

...

A génese de nós dois

A folga

O faz de conta...

Fez hoje 9505 dias

De burro para cavalo

O problema dos 6 milimetr...

O clima, a gasolina e a S...

A tirar o pó das narinas

Animais que fumam? Ou ser...

Pensamentos arquivados

Dezembro 2009

Junho 2009

Setembro 2008

Junho 2008

Maio 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Deixa uma mensagem no Muro do Mundo!

Exercita os neurónios!

Rádio da Fiju

:: Rádio da FIJU ::





*♥*´¯`*.¸¸.*´¯`*.¸¸.*´¯`*.¸¸.*´¯`*♥*

Desenha, pinta ou faz rabiscos no quadro de pintura!



*♥*´¯`*.¸¸.*´¯`*.¸¸.*´¯`*.¸¸.*´¯`*♥*


Monta o puzzle!

Brinca com a Lobita!

adopt your own virtual pet!

O céu de Portugal

FASES DA LUA




Click for Castelo Branco, Portugal Forecast
Porto--> Click for Porto, Portugal Forecast Lisboa--> Click for Lisbon, Portugal Forecast Faro--> Click for Faro, Portugal Forecast