Música Destaque

Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2008

Animais que fumam? Ou seres humanos que fumam?

No outro dia vi um conjunto de animais no seu habitat natural a conviverem entre si. Não foi no National Geographic, foi ao vivo!

Também não fui a África nem me desloquei a locais inóspitos. Mas o comportamento destes animais era realmente bizarro!

Vou descrever a situação com aquela voz baixa característica dos apresentadores de daquelas reportagens em campo:

Vim para um meio a descoberto…

Os animais estão ali ao fundo.

Julgo que eles me vêem mas eu finjo que é tudo normal e olho pouco para eles.

Eles não dão conta que eu os estou a observar.

Dou uns passos discretos e tiro o meu super e fantástico telemóvel XPTO para tirar uma fotografia ao bizarro.

                  Animais no ritual de fumar

Eles estão calmos, parecem até estar num momento de relax.

Uns têm cabelos louros, outros castanhos, mas isso é um critério sem relevância, tal como as roupas que vestem, usam várias roupas e de variadas cores.

Quando estão em grupo, fazem uma rodinha com os seus corpos e comunicam entre si, mostram os dentes amarelos como modo de satisfação.

Quando estão sozinhos, não mostram os dentes, mas estes continuam amarelos e como não têm mais companhia para formar uma rodinha com os corpos, eles próprios dão rodinhas com os passos, passeiam de uma lado para o outro formando círculos.

Devem ser complexados com círculos, rodinhas, bolas…

Todos eles têm um gesto em comum; pegam numa coisa de papel enrolado a uma substância que a queimam propositadamente para aquele ritual.

Depois daquilo estar a queimar, a cara deles altera-se e mostram alguma satisfação.

Apenas com dois dedos da mão, usualmente da direita, levam a dita coisa aos lábios e absorvem para dentro do corpo (julgo que sejam realmente para os pulmões, quer dizer, órgãos pretos e queimados a fazer de pulmões) tudo quanto é possível retirar do fumo daquilo que se está a queimar.

Uma das fases mais importantes pertencentes a este ritual é realmente o que se segue.

Todos estes animais mostram uma forma característica de exalar o fumo dos supostos pulmões; expandindo ou não o maxilar inferior tentam que o fumo saia de uma forma graciosa levando a convencer-se a eles próprios ou tentando que os companheiros acreditem que eles são os que exalam melhor o fumo.

Quando aquela coisa que seguram apenas com dois dedos da mão chega prestes ao fim, reagem de uma forma totalmente animal.

Fazem um movimento de pulso e atiram aquela coisa contra o chão.

Posteriormente, há animais que pensam no ritual e na dita coisa e pisam-na para não continuar a arder. Outros apenas mostram os dentes amarelos e não a apagam.

Depois de este ritual puramente animal, os que estavam em grupo fazendo rodinha vão todos uns atrás dos outros para dentro de um edifício.

Os que faziam círculos com os passos entram novamente solitários para o edifício.

Tudo isto aconteceu em escassos minutos. Não sei precisar ao certo, mas enquanto uns animais vinham para fora do edifício para proceder ao ritual, outros entravam.

 

Diz-se que estes animais são também racionais. Mas perante este ritual bizarro, que se poderá concluir?

Racional estou eu dos perigos que esse ritual trás, por isso não fumo.

Mas tenho uma coisa a dizer antes de finalizar: foi uma evolução restringir esse ritual nos locais públicos fechados.

Tenham uma boa semana e sejam responsáveis e racionais. Jokas!

Feito pelos neurónios da Fiju às 12:56
link do post | comentar | favorito
12 comentários:
De freakunleashed a 19 de Fevereiro de 2008 às 00:21
Em tempos não ainda muito distantes eu era um desses animais. O meu cigarro preferido era o cigarro pensativo, ou seja, aquele que à falta de melhor acompanhava os meus solitários pensamentos. Também não prescindia do cigarro digestivo após as refeições, e aquele cigarro ansiolítico nos momentos de maior stress, quanto ao cigarro social nunca fui grande adepto, fumar sempre me soube melhor quando acompanhado por momentos de reflexão, daí que não tenha iniciado esse bizarro comportamento por pressão do grupo, mas sim com 23 anos e após uma semana caótica que exigiu muito da minha sanidade. Mas a verdade é essa, o tabaco com as suas substâncias mortais escreveu com contornos macabros o obituário de verdadeiros dramas humanos e familiares, nunca esquecerei as lágrimas que derramei quando aos 7 anos implorei ao meu pai para deixar de fumar no dia do não fumador e ele me disse que isso muito dificilmente aconteceria.
Poderemos optar por ignorar as consequências . mas elas eventualmente surgirão, e nesse caso os efeitos do tabaco no nosso corpo são um elevadíssimo preço a pagar por uma substância que por vezes os indivíduos a tomam por se sentirem nessa obrigação e sem experimentarem qualquer satisfação.
Durante alguns meses lutei sem nenhum sucesso contra o vício, até que aconteceu o maior milagre da minha vida, realizei um sonho, mas para manter esse sonho teria de largar o meu "companheiro" de pensamentos. Não hesitei e não meti sequer a hipótese de não aproveitar a forte motivação para largar de vez o vício que me estava a matar, e para além disso era uma fútil despesa extra . O ego tem mecanismos de defesa, temos de aproveitá-los caso não encontrem essa motivação vinda do exterior, poupem o dinheiro e com ele mimem-se no final do ano, ou comecem a praticar desporto...qualquer coisa é melhor do que pagarem a peso de ouro uma substância que os irá matar de uma forma lenta e agonizante. Eu percebi que estava a confraternizar com o meu assassino a sangue frio, que o deixei entrar na minha vida e ele subtilmente a cada lufada de veneno que entrava nos meus pulmões me degradava a saúde e mesmo a vontade de me sentir melhor. Eu deixei e encontrei nas pequenas coisas da vida uma maior felicidade que o tabaco artificialmente incutia no meu cérebro, até a comida readquiriu o seu gosto. Deixem de ser bestas, e lutem pela vossa vida, nunca tomariam um cafezinho ou partilhariam um dia de praia com o vosso assassino pois não?

Um excelente artigo Fiju ( como não podia deixar de ser) e é uma enorme satisfação reconhecer até que ponto és evoluída, agradeço-te por...tu sabes bem, ou caso contrário o meu comentário seria mais derrotista. E à outra coisa que já deves saber...beijinhos para uma miúda linda, inteligente, evoluidíssima , fofinha, e que...sabes?
De Nice a 22 de Fevereiro de 2008 às 01:41
Olá Fiju!

Custou-me acreditar quando fui a Portugal no Natal e vi que ia sair uma lei nova que regulava o fumo nos locais públicos! Acabadinha de vir de Londres, onde tinha ficado espantada porque nem nas discotecas se fumava, fiquei parva ao ver que Portugal também estava a evoluir!

Respeito muito quem fuma, mas poluir o meu ar e o das restantes pessoas não acho justo.

E quanto ao meu blog, eu tinha decidido acabar com ele e começar outro, mas tenho andado sempre tão atarefada que a vontade de escrever é pouca, e depois teria de fazer uma «ronda semanal» para responder aos comentários, e sinceramente isso agora não dá.

No entanto sinto algumas saudades do pessoal, e outros perguntam como estou, por isso achei por bem fazer uns updates esporádicos.

Mas se tudo correr bem depois de Maio volto em força!!! E depois escrevo mais e visito-te mais!

=)

Bom fim-de-semana, beijitos!
De Animal a 2 de Março de 2008 às 20:10
Pois é cara amiga é um ritual bizarro e irracional mas o pais onde vives sobrevive dos impostos q esses animais pagam e tu andas a viver a conta disso, antes de chamar animal a quem quer que seja olha-te ao espelho e envergonha-te de seres tao atrasada mental.
De freakunleashed a 3 de Março de 2008 às 15:16
Se fosses realmente um homem de coragem não te escondias atrás do anonimato da net e assinavas aí com o link do teu blog. Numa coisa estás certo seu anormal, és um animal, e para além de seres uma grandessíssima besta ainda és um burro do piorio, porque nenhum dos teus ordenados que gastas em tabaco é canalizado para despesas públicas, serve sim para tapar buracos nas estradas e manter a frota dos parvalhões que governam o país actualizada, podes informar-te sobre isso. Quanto ao resto acredito que tu sim, sejas a merda de uma parasita social que à falta de melhor para fazer anda a distribuir críticas destrutivas pelo blog. Podes apagar o comentário da besta e o meu Fiju .
De Fiju a 4 de Março de 2008 às 12:35
Depois de ler o teu comentário (não sei se lerás este meu comentário, mas gostava) tiram-se muitas conclusões!
Primeira... Se te identificas como animal é porque fumas.

Segunda... Se me tratas por "cara amiga" a hipótese de leres ou enviares muitas perguntas e respostas da revista Maria é praticamente irrefutável! Mas que eu não sou tua cara amiga isso é de certeza!

Terceira... Felizmente não pertenço à classe política que governa este país, por isso não sou responsável para onde vão ou são utilizados os impostos do tabaco. E se vivo à conta dos impostos ( o que é ridículo afirmar isso! Pois para conseguir viver é preciso trabalhar e não é com impostos que eu vivo!) é porque também sou prejudicada pelo fumo dos fumadores.

Quarta... Eu não chamei animal a quem quer que fosse!!! Eu apenas chamei animal aos Animais Racionais (?!) que fumam! É muito diferente!

Quinta... Ao olhar-me ao espelho tenho muito orgulho na imagem que a superfície reflectora transmite! Sou um animal perfeitamente racional, atenta às substâncias malignas ao meu corpo e por isso protejo-me! Vejo também uma rapariga licenciada em Matemática Ciências e a minha personalidade elogiada por mais do que uma pessoa, portanto, não é ser convencida... Se tenho estes atributos demonstrados é porque está fora de questão ser "atrasada mental" como tu me chamaste! Sou orgulhosa do que sou!

Sexta... Se respondi ao teu comentário não foi para te insultar, para te demonstrar o quão errado estás animalzinho!
E já agora... Queres umas festinhas debaixo da orelhita peluda?
De nininhaworld a 24 de Março de 2008 às 09:46
Não há maneira mais apropriada de responder a certos "animais".

Nunca tenhas "vergonha" da imagem reflectida ao espelho..a imagem dele é que deve partir imensos espelhinhos.
De Hélder a 22 de Março de 2008 às 16:00
Oi Fiju!
Há quanto tempo, não é verdade?
Muito obrigado pela visita e pelo comentário que deixaste no meu espaço já há algum tempo e desculpa só hoje retribuir.
Sim, felizmente, tive sorte e consegui arranjar 8 horinhas semanais. Não é muito, mas já é um começo e, como se costuma dizer, mais vale isto do que nada.
Gostei do teu texto. Eu também não fumo e acho muito bem que, pelo menos, em recintos fechados não sejamos obrigados a levar com o fumo dos outros.
Ao menos, uma medida positiva já que as restantes deixam muito a desejar!
Beijinhos.
De nininhaworld a 24 de Março de 2008 às 09:43
impressionante,adoro a tua maneira simples de escrever, tens olho mágico para isso, captas todas as coisas no ar.
Adorei este artigo...realmente são animais fumadores, em excesso,nem com a lei param de fumar.
De Nice a 9 de Maio de 2008 às 11:31
Olá Fiju!

Mesmo estando em exames vim aqui espreitar o teu blog para matar saudades, e não é que não publicas nada desde Fevereiro? Qué passa, chica???

Bom fim-de-semana, um beijo...
De patricia a 21 de Junho de 2008 às 13:24
Realmente tu é k n passas de 1 animal!
mas kem és tu pa julgar os outros?!
Até parece que os fumadores sao uns assassinos!
ja n podemos fumar em recintos fechados e nem na rua podemos fumar descansados???! que ha sempre algum animal pa dizer alguma coisa...
De freakunleashed a 21 de Junho de 2008 às 19:45
E quem és tu para julgar quem quer que seja?...sim os fumadores são uns assassinos quando exalam para os outros o veneno que eles próprios n conseguiram absorver, e no teu caso para além de seres uma avezinha irritante e burra ainda és mal-educada. Vai injectar nicotina no cérebro, pode ser que aceleres as sinapses e concluas que quando fumas perto de alguém estás a matar essa pessoa.
De freakunleashed a 22 de Junho de 2008 às 00:23
Ah...e sim, se estás a ficar com a bocarra amarela bem podes culpar o teu amigo cigarrito, e tmbm acelera o envelhecimento da pele, mas disso pelo menos deves saber...n te preocupes em matar aqueles que te rodeiam.

comentar artigo

Trastes da Fiju

Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Horas

Pensamentos recentes

...

A génese de nós dois

A folga

O faz de conta...

Fez hoje 9505 dias

De burro para cavalo

O problema dos 6 milimetr...

O clima, a gasolina e a S...

A tirar o pó das narinas

Animais que fumam? Ou ser...

Pensamentos arquivados

Dezembro 2009

Junho 2009

Setembro 2008

Junho 2008

Maio 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Deixa uma mensagem no Muro do Mundo!

Exercita os neurónios!

Rádio da Fiju

:: Rádio da FIJU ::





*♥*´¯`*.¸¸.*´¯`*.¸¸.*´¯`*.¸¸.*´¯`*♥*

Desenha, pinta ou faz rabiscos no quadro de pintura!



*♥*´¯`*.¸¸.*´¯`*.¸¸.*´¯`*.¸¸.*´¯`*♥*


Monta o puzzle!

Brinca com a Lobita!

adopt your own virtual pet!

O céu de Portugal

FASES DA LUA




Click for Castelo Branco, Portugal Forecast
Porto--> Click for Porto, Portugal Forecast Lisboa--> Click for Lisbon, Portugal Forecast Faro--> Click for Faro, Portugal Forecast

As visitas no mundo

Counters

























































































































































































































































eXTReMe Tracker