Quarta-feira, 14 de Dezembro de 2005

Não gosto do Pai Natal

 


pai_natal3.jpg


O Natal está cada vez mais perto e não poderia deixar esta época tão mágica sem comentar este tema. Todos sabem a história do Pai Natal e para quem não sabe, tenho uma má notícia para vos contar. O Pai Natal não existe! É verdade, não chores, porque tenho uma notícia boa! Podes acreditar no Menino Jesus. Pois, neste podes, porque até há dados a confirmar a sua história. O meu desagrado sobre o Pai Natal é exactamente devido à falsidade da personagem. É apenas uma imagem de uma marca de refrigerantes (que ainda por cima não gosto!) Nunca acreditei no Pai Natal, mas sim no Menino Jesus. Reparem se a seguinte história é mais bonita e adequa-se perfeitamente, porque aliás, é mesmo por isto que existe o Natal! Quando era pequena os meus pais diziam-me: Vai para a cama cedo porque à meia-noite o Menino Jesus nasce e para festejar há presentes para as crianças que se comportaram bem durante o ano todo. Assim ia logo para cama toda contente e entusiasmada que chegasse o dia seguinte para que quando acordasse, poder encontrar as prendinhas que tinha junto à árvore de Natal. Não é mais bonito do que acreditar no Pai Natal? Já sabem, digam aos vossos filhos que é o Menino Jesus que lhes trás os presentes e não o Pai Natal!!! Não é que não goste desta figura, porque até fica uma personagem bonita nos filmes natalícios, mas sim pela falsidade e sentido comercial que lhe impregnam. Falar às crianças sobre o Pai Natal é fazer publicidade gratuitamente à Empresa de refrigerantes! E já repararam na nova moda (que pessoalmente até acho um pouco extravagante) de pôr o Sr. Velhinho de vermelho pendurado nas janelas, varandas ou telhados das casas! É pura publicidade!!! Não acham que a empresa de refrigerantes devia financiar as pessoas que decidem utilizar esta personagem de forma a fazer publicidade à marca?! Verdade não é? Mas por último, quero deixar os meus votos de Feliz Natal e beijokas para todas as pessoas que tiveram a pachorra de ler os meus pensamentos turbulentos até ao fim, sem se deixar dormir e àquelas pessoas que não o fizeram, desejo um bom Natal, mas sem beijinhos. Pois é claro! Vocês têm de ter privilégios! Ora então! Pronto aqui vai outro beijinho só para ti. Vês as vantagens de ler os meus artigos! LOL :-D


Calvin y Hobbes.jpg


Agradeço ao Freak on a leash, que amavelmente, se disponibilizou para me auxiliar a traduzir esta tira de Calvin&Hobbes.

Feito pelos neurónios da Fiju às 00:18
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De freakunleashed a 3 de Março de 2009 às 16:11
Este será sempre o ponto de onde partimos. Um dos meus natais mais especiais de todos, pois o menino Jesus acabava de cruzar os nossos caminhos. Obrigado por tudo Fiju. Amo-te tanto.

comentar artigo

Trastes da Fiju

Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Pensamentos recentes

...

A génese de nós dois

A folga

O faz de conta...

Fez hoje 9505 dias

De burro para cavalo

O problema dos 6 milimetr...

O clima, a gasolina e a S...

A tirar o pó das narinas

Animais que fumam? Ou ser...

Pensamentos arquivados

Dezembro 2009

Junho 2009

Setembro 2008

Junho 2008

Maio 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005